Passo II – Seja TRANSPARENTE com os seus financiadores

A lógica é simples, muito simples:

  1. Bancos, financeiras, seguradoras de crédito têm, por dever de ofício, conhecer os clientes para com os quais corre riscos.
  2. Estas instituições têm, portanto, a necessidade legal de obter o máximo de informações para darem crédito para qualquer um, seja PJ ou PF, pequena ou grande, do Paraná  ou do Acre, etc.
  3. Duas limitações estruturais: (a) Estas organizações tomam muitas (!) decisões por dia e é impossível que consigam investigar tudo que deveriam investigar, (b) As empresas, principalmente, não apresentam suas informações com a transparência necessária – nem as PFs que não tem renda salarial clara e definida.
  4. A consequência deste cenário é que, na maioria das vezes, as decisões de crédito são tomadas sem que todas as informações pertinentes ao tomador do empréstimo ajudem a aumentar o limite.
  5. E como diz o Arnaldo Cezar Coelho, na Globo, A REGRA É CLARA: quanto menos informação estiver disponível, mais dúvidas surgirão para os decisores, e menos crédito será aprovado.
  6. Infelizmente, a maioria dos clientes acaba não mostrando todos os seus bens, ou a sua estratégia de negócio, etc., pura e simplesmente por medo que o fisco possa solicitar ao banco que quebre o sigilo do cliente.
  7. O risco disto acontecer é tão insignificante, salvo se o cliente estiver de fato envolvido em máfias, com a Polícia Federal atrás, etc. Aliás, cada vez mais os bancos querem menos este tipo de cliente.
  8. Acredite: quando mais transparente você for, mais poderá exigir. A forma de demonstrar transparência é simples: chame uma reunião com o seu gerente, comunique-se de forma clara/tranquila (sem medo ou arrogância) e entregue-lhe cópia da documentação relevante, converse com ele e discuta como estas informações poderão ajudá-lo a aumentar o seu crédito e melhorar as condições dos empréstimos, etc.

Em 25 anos de estrada, nunca vi dar errado! Cansei de ver empresas com similar qualidade, pagando juros muito diferentes: a mais transparente, que informava mais, sempre tinha mais oferta de crédito e, portanto, barganhava melhor e pagava juros menores!

Aguardo opiniões sobre e se a dica funcionou. Abs

Anúncios