Prezados,

O link abaixo, do Estadão de hoje, deixa claro o que já vínhamos falando há tempos.

Depois da aberração de darem crédito de até 7 anos para a compra de um carro (que já terá mudado de mãos várias vezes até o dia do último pagamento), o mercado financeiro se auto-regulou e hoje não se passa de 5 anos.

Sinceramente, se você realmente acha que precisa de um carro novo – e achou aquele dos seus sonhos – e está certo que continuará bem empregado…vá e faça o seu financiamento. Mas corra, pois a tendência é que as condições de financiamento fiquem cada vez mais restritas quanto ao prazo (que ficará mais curto) e o valor da entrada (que ficará mais alto).

Eu não tenho dúvida que se a inflação não for contida por bem (i.e. aumento dos juros – que de bem não tem nada!), será por mal, i.e. heterodoxias do tipo imposição de limites para o financiamento de automóveis, etc.

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20080708/not_imp202116,0.php

Abraços