Vocês conhecem o FIDC, ou Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios? É uma opção interessante para quem tem um bom volume de ‘recebíveis’ em carteira, como varejistas, incorporadores imobiliários, etc. É uma opção de captação de recursos a custo mais baixo, i.e. ao invés de descontá-los num banco, a empresa pode montar um fundo e vender quotas deste, para investidores dispostos a correr este risco (que em geral é bem diversificado e tende a ser baixo).

O custo para colocar o fundo funcionando é alto e o ponto de equilibrio (custo vs rentabilidade) se dá quando o fundo tem ao redor de R$ 50 milhões de recebíveis/aplicações. E tal volume não para qualquer um, porém, atuando de forma coletiva talvez dê. Várias associações vêm tentando lançar FIDCs, mas com uma boa dose de insucesso. Mas vale investigar.

O link abaixo foi enviado pelo amigo Raul Marinho (obrigado!). Abraços, F.

http://br.noticias.yahoo.com/s/080801/31/gjql62.html