Você empresário bem sabe que dinheiro bancário não é a única fonte de financiamento para o seu negócio – seguramente não é a mais barata.

Há todo um grupo de agentes econômicos não-financeiros que lhe ajuda na árdua tarefa de colocar o seu negócio em pé e marchando, como por exemplo: fornecedores que dão prazo para pagamento, funcionários que só recebem a cada 30 dias, entidades governamentais que dão variados prazos para recolhimento de taxas e impostos, etc.

Dentre estas óbvias, eu acho que os Fornecedores ainda formam uma classe de “financiadores” mal trabalhada. Se por um lado todo e qualquer fornecedor (e seus vendedores!!) querem lhe vender um monte, estes têm que cumprir procedimentos de crédito (quase que nem um banco), i.e. não podem lhe financiar volumes ilimitado, nem por qualquer prazo que lhe agrade. Mas você, empresário, pode fazer algumas coisas para melhorar o seu crédito com seus fornecedores:

  1. Capriche na forma em que apresenta suas finanças. Se os seus demonstrativos financeiros são, como dizer, pura ficção cientifica, seja transparente e informe com clareza os números de verdade;
  2. Exponha a sua estratégia – seja de crescimento, se for “oceano azul”, ou de defesa, em caso de “maré vermelha” – e como você pretende estimular negócios com este dito fornecedor;
  3. A concorrência é ótima para se obter maiores volumes e prazos mais longos. Sempre terá algum outro fornecedor disposto a querer mais espaço na sua prateleira, ou na sua linha de montagem, não e?!
  4. Esteja conectado com o negócio de seguro de crédito (www.coface.com.br) – sim, é onde eu trabalho. Oferecemos poderosas soluções para alavancar negócios comerciais (i.e. mais crédito para você).

Agora, hoje eu aprendi, lendo o link abaixo, que você também pode se financiar com os seus (futuros!) clientes. Pode parecer “coisa de americano”, mas faz todo sentido. Quer dizer, desde que você tenha MUITA CREDIBILIDADE com sua base de clientes. Aliás, credibilidade é um atributo essencial no mundo do crédito, desde os tempos em que os Lombardos criaram as primeiras casas bancárias no norte da Itália.

Boa leitura + abraços, F.

http://www.businessweek.com/smallbiz/content/may2008/sb2008055_070283.htm?chan=search

Anúncios