Leiam o link da Reuters, abaixo.

O governo americano mostra que o consumo das famílias cresceu 1,7% (anualizado), o que me surpreende, dado o cenário de crédito apertado. As exportações também ajudaram a aquecer a demanda agregada.

A crise acabou, então? Eu apostaria que tem cálculo errado antes de apostar no final da crise. Mas, como diz o ditado, cada cabeça uma sentença.

Em tempo, as bolsas européias fecharam em alta! Mas eu não compraria ações ou tomaria crédito por conta deste dado.

Abraços, Fernando

http://br.reuters.com/article/topNews/idBRN2843507020080828