Foi mais um dia para ser apagado da memória dos investidores e banqueiros do mundo todo. Nem a salvação da AIG e do Lehman Brothers fez com que os mercados se recuperassem.

Continua o temor de novas quebras de bancos e o mercado de crédito interbancário continuo sêco. O link abaixo, da super agência de notícias Bloomberg, traz um bom resumo do dia (em inglês). Detalhe: a Rússia está sofrendo uma barbaridade, com o mercado de ações permanecendo fechado por dois dias (devido a intensa volatilidade) e o o seu banco central despejando USD 44 bilhões de dólares para presevar alguns grandes bancos.

É, nem todos os países emergentes estão “blindados”…e talvez os BRIC’s virem BIC’s!

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601087&sid=amrQtoxTGmgU&refer=home

Aqui no Brasil, o dia foi tenso, com bolsa pra baixo (- 6,7%) e dólar para cima (1.8650, contra 1,55 outro dia!). Isto é tendência? Não estou certo, mas que a especulação está comendo solta, disto eu tenho certeza.

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601086&sid=aminYk4gtfN0&refer=latin_america

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601086&sid=a1RUuehza5V8&refer=latin_america

O mercado chinês também está sofrendo, tendo atingido hoje (ontem tarde da noite) o nível mais baixo dos últimos 21 meses. As condições gerais da economia chinesa, no entando, não sugerem maiores preocupações.

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601089&sid=aD4ZECpFy7l8&refer=china

Abraços, FB