Caros – a notícia é de ontem, mas nem recebeu maior destaque na mídia eletrônica, por conta do risco sistêmico que se avizinhava com a quase-quebra da AIG. Aqui eu abordo o tema só para reforçar um pouco a crise global.

O link abaixo ilustra bem a visão do sr. Bernake, equivalmente americano do nosso H.Meirelles. A SELIC deles continua a 2% a.a. – muitos apostavam que o FED reduziria os juros para acalmar a crise, o que seria absurdo na minha opinião. Os juros (taxa básica) reais americanos já são negativos! Aqui passam dos 5% positivos (sem contar o spread enorme quem vem em cima da SELIC)!

Enfim, o FED identificou corretamente a situação e concluiu: o problema não está na taxa de juros, mas sim na falta de liquidez no sistema. Conclusão: manteve a taxa básica em 2% e ofereceu liquidez para quem lhe batesse à porta. Dizem que a fila começava em Wall Street e chegava ao Central Park…

http://www.businessweek.com/bwdaily/dnflash/content/sep2008/db20080916_038473.htm?chan=top+news_top+news+index+-+temp_news+%2B+analysis

Abraços, Fernando