Olá amigos, depois de 3 dias blogando em regime precário, voltamos ao ar, com tudo!

O link abaixo, da Bloomberg, mostra claramente que a coisa está caminhando em Washington, mas a passos lentos. Os Congressistas americanos, que já deveriam estar em férias, continuarão trabalhando muito a contra gosto, pois terão que aprovar um plano que mexerá no bolso dos seus eleitores…

Mas por que demora tanto este acordo:

  1. Bem, estamos falando de uma lei que se propõe a – “apenas” – salvar o sistema financeiro americano, i.e. o do mundo. Este exercício demandará um esforço brutal do contribuinte americano e a turma lá em Washington está se auto-imolando na busca de alternativas que reduzam a carga fiscal para o cidadão americano.
  2. Na verdade, Paulson & Bernanke nunca apresentaram plano algum e isto irritou profundamente os congressistas. Eles tiveram a petulância de apresentar um documento (que este blog divulgou em primeira mão) de 2,5 páginas, contendo três tipos de informação: (a) A crise é gravíssima, (b) Precisamos de USD 700 bi para estancar a hemorragia, (c) O Tesouro deverá ter plenos poderes para gerenciar a crise e estes recursos. Os Democratas retornaram com uma proposta de 40 páginas – na mesma direção intervencionista de Paulson, mas com mil detalhes e tirando os plenos-poderes requisitados por ele.
  3. Para piorar a situação, os Republicanos, que desprezam intervenções do Estado na economia, foram contra Paulson e Democratas, trazendo para a mesa uma proposta alternativa. Como sempre, sugeriram corte de impostos (mantra deles) e a criação de mecanismos para que o próprio mercado viabilize a capitalização dos bancos quebrados. O mundo terá acabado antes do primeiro banco quebrado ser viabilizado por esta proposta.

Detalhe: Bush convocou as lideranças do Congresso americano, Obama & Mc Cain, numa tentativa patética de colocar o trem de volta nos trilhos. A moral e a credibilidade de Bush é tal, que ele não conseguiria apartar uma briga de duas crianças num jogo de futebol…

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601087&sid=a8kvUDvR7yAE&refer=home

Boa leitura + abraços, F.